A origem do sabonete | Minas Banheiras
35 99201-5577
35 99879-3877
35 3423-0918
35 4102-1589

A origem do sabonete


Eles existem nos mais variados tamanhos, formatos, cores e odores, e estão presentes no dia-a-dia de todos nós. Seja qual for o estilo de sabonete, eles têm um papel de extrema importância na hora do banho, limpando a pele, removendo dela resíduos e a gordura superficial, e ainda a perfumando. Hoje em dia é possível encontrar no mercado uma grande variedade desses produtos, com aditivos que hidratam e esfoliam a pele, e com maior capacidade da eliminação de bactérias.

A história de recurso que para nós é tão útil, começa há muito tempo atrás, em meados de 2.800 a.C., onde foram encontrados os primeiros registros de um material que mais se assemelha ao sabão. Ele foi encontrado em barris de barro na Antiga Babilônia. A mistura era semelhante à usada pelos fenícios, que viviam na região do atual Líbano: água, gordura de animais como cabras, bois, jumentos, e cinzas de madeira, que resultavam em um sabão pastoso.  

Também foram encontradas evidências do uso do sabão pelos egípcios, em um documento que relata seu uso medicinal e farmacêutico. Ebers Papyrus (datado em meados de 1500 a.C.) descreve um material composto de óleos e gorduras de origem animal e vegetal, e sais alcalinos, utilizado no tratamento de enfermidades.

Foi por volta do século VII que os árabes notaram que a mistura óleos naturais, banha de animais e soda cáustica, tornava-se consistente após ser fervida e em seguida resfriada, um processo denominado saponificação.

savon

Com a invasão dos turcos no Império Bizantino, o uso do sabão se espalhou pelo continente europeu, e ao atravessar a Península Ibérica, o sabão ganhou um novo componente: para suavizar os odores, os espanhóis incluíram o óleo natural de oliva na fórmula.

Nesse período, o sabão era um material de exclusividade dos nobres. Normalmente, o sabão era dado de presente a reis, rainhas e autoridades da época. Mas a partir dos séculos XV e XVI, o sabão começa a se popularizar e ser produzido em grande escala na Europa.

O nome “Savon” que posteriormente deu origem a “sabão” foi dado pelos Italianos da cidade de Savona, em seguida, surge seu diminutivo “Savonnette, no caso, “sabonete”.

Em meados de 1878, foi inventada a fórmula para um sabonete branco, cremoso e com um leve perfume. Quem o deu origem foi o químico James Gambler. Seu primo William Procter, que era dono de uma fábrica de velas e sabão, passou a produzir e promover esse sabonete, pois com a invenção da energia elétrica, passaria a ter prejuízos na produção de velas.

Conforme o tempo foi passando, as indústrias químicas começaram a produção de sabonetes de glicerina, que eram menos agressivos à pele. A produção dos sabonetes foi facilitada e acelerada com a inserção de máquinas nas fábricas, que tornavam essa produção mais rápida.

sabonete-de-glicerina

Hoje, é possível encontrar os mais variados tipos de sabão e sabonetes, seja líquido, em barra, assim como outros derivados: o sabão em , detergente, e lava-roupas líquido.

Atualmente, é possível que seu sabonete seja produzido por você mesmo, utilizando receitas, e adicionando a cada um seu toque individual.


Share this post
  , , , , , , , , , , ,


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *